Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2013

i know you care

 
 
 
quando é amor tu não podes simplesmente bater com a porta e sair, não podes desistir e não o puderes fazer é que estraga sempre tudo, não podes sair dessa forma porque depois disso não iria haver novos caminhos.
"-sim, é amor."
eu já decidi, deixei as lágrimas de lado pois elas também não me iria levar a lado algum, decidi com a cabeça, com o coração, decidi com o meu corpo todo.
eu escolhi a segunda opção, escolhi a mais difícil, escolhi enfrentar, enfrentar tudo, porque sabes.. quando é amor, foda-se, quando é amor não há volta a dar e tu tentas, tentas as vezes que forem necessárias e eu também tento, eu vou tentar eu prometo, e vai dar tudo certo connosco, ficaremos juntos, os dois, só eu e tu, todos os dias, sempre...
"-sim, é amor." e foi amor quando te vi pela primeira vez, no meu dia de anos, foi amor quando falamos até ser de manhã, foi amor quando dormimos os dois na praia, foi amor quando me deste um beijo de despedida e em seguida já estavas ali, ao meu lado novamente, foi amor durante todos esses meses, mesmo que longe.
foi amor nos nossos tempos passados e será amor nos nossos tempos futuros.
acabaram-se as dúvidas, eu luto, se lutares comigo.
 
tags:

publicado por -emmeline às 23:22
link do post | comenta :) | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

stay

"nenhum tempo contigo seria suficiente. mas vamos começar com a "eternidade".

o eterno é o agora, e tudo isto é tão grande que eu nem tenho palavras para explicá-lo.

afinal, não somos ambos movidos pela fé? então fica,

i miss you like crazy.

 

 

tags:

publicado por -emmeline às 22:41
link do post | comenta :) | favorito
Terça-feira, 28 de Agosto de 2012

h- birtday bf*

mais um ano, vamos lá, passou a correr, não achas?

os dias passam e por vezes parece que nada muda, tu estás igual, os teus amigos estão iguais, a tua vida está igual mas se olhares para trás vais ver que muita coisa mudou. nós temos por mania ver o lado negativo das coisas, não te estou a pedir que não olhes para trás, porque acho que deves. é parte de ti, é parte do que foste e possivelmente do que ainda és e nós não podemos viver como se o passado não existisse porque existe e é ele que nos prepara para o futuro. melhor amiga, confias em mim, não confias?
então acredita em mim quando digo que tens um futuro lindo pela frente, acredita em mim quando digo que ainda vais conhecer pessoas maravilhosas e melhores do que as que conheceste até agora. o amor é uma questão de sorte, aliás, a vida é uma questão de sorte. nem sempre ganhámos e tu sabes bem disso, mas se pensares bem acho que devias pelo menos sorrir porque já tiveste alguém tão especial dentro da tua vida que te tirava o sono pela noite, alguém que fez tudo o que pôde por ti, alguém que esteve lá nos piores e nos melhores momentos. mas como todos sabemos as pessoas passam, as nossas vidas andam para a frente, mesmo que nós nem demos por isso. e as pessoas vão para que melhores possam vir depois, confia em mim.
quero dizer-te pela milésima vez que és o meu maior orgulho e a pessoa em quem eu mais tenho em consideração, somos irmãs, aqui ou em qualquer parte deste mundo.

dá-me a mão, estamos juntas, até ao fim. a tua vida está apenas no começo. quando estiveres pronta eu também o estou.
minha linda, espero que tenhas um dia perfeito!
PARABÉNS MELHOR AMIGA!
não te esqueças, és gigante para mim e eu vou gostar de ti até ao infinito e mais um bocado. eu estou aqui, contigo. <3

 

 

ps. desculpa a demora!! fico a dever-te um crepe por esta, pode ser?


publicado por -emmeline às 13:23
link do post | comenta :) | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 18 de Junho de 2012

you need

faltam duas semanas. meu deus, tanto tempo! eu não aguento tanto tempo, tenho aguentado tempo demais.
porquê que não fazes as malas e te vais embora sem dizer nada a ninguém? sem dizer um último "adeus" ou dois beijos de despedida talvez, explica-me, porquê que não te vais logo? de uma vez por todas?
preferia pôr na minha cabeça que não te tenho apenas porquê não estás aqui, "apenas" porque o que nos separa são milhares de kilometros. sim, estava a enganar-me a mim própria, e depois? eu iria preferia assim, sempre era melhor do que saber que estás aqui tão perto de mim e não te tenho à mesma, era melhor do que ouvir um "ele não sabe o que quer"! foda-se, tu não tens tempo para indecisões, ainda não percebeste? é que eu tenho todo o tempo do mundo, tu não.
onde é que está a tua cabeça, dizes-me? pensas que lá por estares a ir embora a vais ter de volta nestes últimos dias? se assim é enganas-te, ela não te ama, ela já tem a sua vida feita e tu não fazes parte dela (pelo menos como tu gostarias). e eu estou aqui, eu sempre estive.
então e o quê que aconteceu ao - "se as coisas não resultarem lá fora e eu tiver que voltar para Portugal, subo para cima do muro e peço-lhe em namoro. ela é especial." sim, o quê que aconteceu com esta frase?
não vou deixar os outros influenciarem os meus pensamentos, eu sei o que nós vivemos e o que me afirmaste, eles não. eles não sabem nada comparado com o que nós os dois conseguimos sentir. por isso mesmo deixei-me de segundas opiniões. podem dá-las, são bem vindas mas não as sigo mais. não quero ir por caminhos já traçados.
tu estás a ir-te embora, eu já pus o meu orgulho de lado. okay, eu entendo-te tu estás mal, boa não és o único.
vou ser egoísta, eu sei. mas tenho que pensar primeiro em mim- espero que as coisas corram mal e que tenhas que voltar logo!

respira, estás a tentar enganar quem rapariga? -espero que tenhas um futuro brilhante por lá e se isso incluir o facto de não voltares para cá, não voltes.
parabéns conseguiste seguir o sonho de que tanto falávamos.

tags:

publicado por -emmeline às 01:13
link do post | comenta :) | favorito
Quarta-feira, 13 de Junho de 2012

"all of my life, where have you been"

não tens que ser tu, não és obrigado a ser o tal. sou mesmo eu que não quero que sejas, não quero um presente sem futuro.

quero poder fazer planos sem me preocupar nos dias que ainda me restam contigo, quero andar de mãos dadas, quero os sorrisos profundos e verdadeiros. tu não és capaz de me dar isto, eu bem sei. mas viste-me reclamar?

eu queria tanta coisa mas abdiquei dela por saber que não mas podias dar, e isso é errado, isto está errado. nunca deveriamos abdicar daquilo que queremos por causa de alguém, muito menos de alguém que não nos conseguirá prometer um futuro.

sabes uma coisa? eu preciso de alguém. não tens que ser tu a sério que não tem, mas tem que ser alguém. alguém que chegue e me mostre que o facto de ter estado sozinha este tempo não muda nada, alguém me diga coisas bonitas e que se preocupe, alguém que me mostre que não sou menos que ninguém, mesmo enquanto fiquei parada e todos os outros à minha volta mantinham uma linda vida, neste campo.

é isto que eu quero, percebes? mas, se tu voltasses eu sei que abdicaria disto as vezes que fossem necessárias para me poderes dar 1hora de pura felicidade, ironico eu sei. mas és tu quem eu quero, mesmo depois de todas as nossas faltas.

eu estou aqui, não vás.

 

tags:

publicado por -emmeline às 22:44
link do post | comenta :) | favorito
Terça-feira, 10 de Abril de 2012

life

isto é para leres quando te sentires sem forças e quando pensares que já não existe nada que te possa fazer sorrir, porque há.

há um mundo lá fora à tua espera, há um sol que pode até nem brilhar todos os dias mas irá voltar a fazê-lo qualquer dia.

pensa bem, tu tens "quase" tudo aqui. não deixes que sejam estes pequenos dias a mudarem o teu caminho, eles não significavam nada. há algo mais, há algo no sorriso dos teus amigos, há algo num abraço apertado, há algo no profundo de um olhar vindo de alguém especial, há sempre mais esperanças. olha à tua volta, ainda não as consegues sentir?

elas vêm de todas as direcções, elas querem que acredites no que vales porque tu vales bem mais do que pensas, acredita em mim.

sabes, por vezes desistir é a única forma de ganharmos, isso não quer dizer que sejamos mais fracos, quer dizer que somos ainda mais fortes pois somos capazes de nos pormos à frente de qualquer outra coisa, e mesmo que eu desista, mesmo que eu me ponha à tua frente não te esqueças que és das pessoas mais lindas que pode haver e que eu nunca desistiria de ti se não precisasse mesmo de o fazer, se tal acontecer espero que entendas.

não te percas, o mundo não é assim tão cinzento como tu o pintas, ele está constantemente a mudar e tu mudas com ele. não te fixes apenas no -em frente, olha para todas as direcções, tens tantos caminhos..

rapariga, se tens isto tudo, porquê que ainda não estás a sorrir?

 


publicado por -emmeline às 18:53
link do post | comenta :) | favorito
Quarta-feira, 4 de Abril de 2012

afinal

é isso, se não fazes intenções de ficar acho melhor sairés já, tenho o coração pequenino demais para desilusões, não agora por favor.
decide o caminho que te leva à felicidade, decide por que estrada estás disposto a andar, mas decide-te rápido meu amor.
não vou fechar mais os olhos, eu consigo entender bem as coisas, mesmo que não to pareça, eu percebi sempre. e a fé que ainda me mantinha do teu lado está a ser levada, sim talvez pelos comentários de personagens que não nos conhecem, mas elas têm razão. eu não posso ser segunda opção, já o fui uma vez e fodi-me.
agora já aprendi a andar sozinha, os muros que me sustentavam estão cada vez mais distantes, assim como tu.
sabes que no fundo era eu a mostrar-te que me amavas, e eras tu a convencer-te que não era bem assim, era eu demasiado ocupada com o que sentias e tu demasiado desprendido do que ainda nos unia. mas e o quê que eu faço com os outros dias? com os dias dos sorrisos, dos abraços e até mesmo dos beijos? és capaz de me dizer o quê que eu posso fazer com eles?
tu és de dias, nuns vens noutros nem sequer apareces, desculpa mas eu não sei viver de dias.
não me queres magoar? boa, afinal quebramos os dois..

 


publicado por -emmeline às 00:54
link do post | comenta :) | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 2 de Março de 2012

pois


publicado por -emmeline às 16:49
link do post | comenta :) | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012

see

não te peço mais do que me podes dar. já desci, e muito, as minhas espectatitvas e os meus desejos. agora tenho os pés da terra, não sei voar mais.
peço-te assim o que acho meu por direito. e eu sei que me podes dar, embora possas não o querer mas se olhares bem para o fundo, se conseguires olhar para lá do que os teus olhos te permitem eu sei que vais perceber que a vida é bem mais que uma viagem. as nossas impressões digitais ficam gravadas nas vidas que tocamos. e tu tocaste-me, eu toquei-te, o tempo não inválida isso.
e agora, que podes estar prestas a ir embora, não me neges isto!

eu tentei nunca negar-te nada, tentei ficar sempre do teu lado, tentei até não conseguir lutar mais.

agora não me podes negar isto, tu deves-me bem mais do que eu te possa pedir.
não me neges isto agora, não me neges um 'olá' ou um simples sorriso, por favor. lê nos meus olhos o que a minha boca não consegue dizer.

não te vás embora..

 

tags:

publicado por -emmeline às 23:49
link do post | comenta :) | favorito
Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

keep your head up

okay, 'mudam-se os tempos mudam-se as vontades', mas e se essas não mudarem? e se continuar tudo para a frente menos isto? passa tudo para o próximo nível menos eu, sim porque é impensável usar a palavra 'nós' neste caso.

já pensaste o que é ficar parado quando tudo o que tens à tua volta prosseguiu sem problema algum?

vou confessar-te que às vezes (muitas até) eu só precisava de um sorriso, de um -tudo bem?, ou de um olhar menos intenso, menos perturbador. mas percebo a tua posição, estás com ela e não queres mudar isso. eu também não quero que mudes, quero que estejas onde melhor te encaixares.

ainda não fui capaz de apagar tudo o que me deixaste no telemóvel, tenho todas as conversas daqueles meses. lembraste quando me perguntaste se eu as guardava? eu disse-te que não, pois não pensava que um dia não as iria conseguir apagar. é pouco mas é o que me restou depois da tempestade.

restou-me também o orgulho apesar da motivação ter ficado contigo, perdida talvez, nesses nossos dias passados à já algum tempo.

e se tu pudesses voltar, se tu quisesses ou ,se pelo menos me fizesses ver isso eu não te fecharia a porta e perdia assim, também o meu orgulho contigo.

eu pensei que nada poderia dar errado, mas eu estava enganada. e se tu conseguisses sobreviver, tentar parar com a mentira de vez, as coisas não seriam assim tão confusas e eu não me iria sentir desta maneira. não consegues mesmo largar a mão dela?
mas tu realmente sempre soubeste -eu só quero ficar contigo.
tens mesmo que prolongar isto?
 
tags:

publicado por -emmeline às 14:32
link do post | comenta :) | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 29 seguidores

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. i know you care

. stay

. h- birtday bf*

. you need

. "all of my life, where ha...

. life

. afinal

. pois

. see

. keep your head up